Os Benefícios dos Games

1-O aprendizado de outras línguas

 

Pois é, e não estou brincando. Os games podem sim, te auxiliar neste quesito. Eu, por exemplo, aprendi inglês com eles. Ou melhor, jogando um clássico deste universo: o “The Sims” (risos).

Mas, Pam, então você é fluente em inglês? Não, não é isso, galera. Mas muito do que eu sei, fui aprendendo com o jogo. É aquilo: quanto mais se joga, mais se aprende. Seja pelas expressões, ou pela pronúncia em si.

O “The Sims”, no caso, ainda vai além, permitindo que você clique nos objetos e descubra o seu significado. E um detalhe importante: Dependendo do jogo, você ainda poderá escolher o idioma do game. Tudo é claro, de acordo com o seu console.

2 – O simbolismo da Mitologia Grega

 

E nesse caso, todos se lembrarão do tão querido “God Of War”, que conta a história de Kratos, um humano que se tornou servo de Ares, o Deus da Guerra, após jurar que daria sua vida se o mesmo derrotasse os inimigos dele.

Ares transformou Kratos em uma maquina mortífera, o fazendo matar milhares de pessoas, inclusive sua própria esposa e filha. Então, após perceber o que se tornou, Kratos se rebelou contra Ares, querendo então vingar a morte de sua família.

Durante o jogo, você vai descobrindo várias coisas sobre a Mitologia Grega.

3-A organização

Sim, pode crer… Em alguns jogos (como “Resident Evil 4”) você possui um espaço para guardar objetos… Armas, munições, etc. E outra, você não pode deixá-los de qualquer jeito na mala, você tem que encaixá-los corretamente, em um espaço restrito, para que caiba o maior número de itens possível.

4 – A Lógica e Raciocínio

 

Bom, acho que isso é meio óbvio, mas enfim… Talvez seja esse um dos pontos mais fortes dos games

Jogos como o “Silent Hill”, por exemplo, já possuem vários “puzzles”, e itens que devem ser coletados. E mais, dependendo da versão, a escolha do nível da dificuldade, e dos “puzzles” em si.

5-A Diversão e distração

 

Obviamente, né? Essa é a principal utilidade dos games: Se divertir, e passar o tempo. Pode ser jogando sozinho, em “2 players”, ou  fazendo campeonatos.

E para os campeonatos, a preferência é para os jogos de luta ou de futebol, ambos, claro, seguindo a regra do  ”Quem perder passa o controle/joystick”.

É diversão garantida para todos!

Facebook